Yattó - Economia Circular
- BLOG YATTÓ

Transformando embalagens flexíveis com a Cargill

O desafio

Após estruturar o maior programa de reciclagem de óleo de cozinha e gordura vegetal da marca Liza, da Cargill, passamos a atender a multinacional também na transformação de embalagens flexíveis por meio do programa Yattó Transforma, promovendo os projetos de economia circular da empresa.

Engajando funcionários na Jornada de Circularidade da marca

Desde o início da Cargill no programa Yattó Transforma, realizamos uma série de ações de comunicação para mostrar os esforços de transformar resíduos em outros materiais. Um dessas ações aconteceu em 2023, quando o time de sustentabilidade da Cargill decidiu contar aos funcionários da própria empresa sobre as ações de ESG que a empresa vinha implementando, pois nem todos estavam cientes delas.

Por isso, a proposta foi mostrar na prática a transformação do “lixo” em lixeiras de madeira plástica, distribuídas em pontos estratégicos do escritório, e presentear os funcionários com vasos de plantas para ilustrar a jornada de sustentabilidade e circularidade da marca. Produzimos cerca de 7 lixeiras de madeira plástica e criamos vasos de plantas com chapas ecológicas. Ambos os materiais, lixeiras e vasos, foram produzidos a partir da reciclagem de embalagens flexíveis.

 

Yattó - Economia Circular

 

O resultado foi muito positivo! Os colaboradores ficaram cientes dos cuidados da Cargill em transformar resíduos, reforçando o compromisso da empresa com as metas de ESG e aumentando o orgulho de pertencer dos funcionários. Além disso, garantimos a destinação correta dos resíduos, evitando que 15 milhões de embalagens de Maionese Liza de 196g fossem parar em aterros sanitários, colocando o “lixo” na economia com essa abordagem.

Impacto Ambiental

Ao aderir ao Programa Yattó Transforma, a Cargill minimizou o impacto ambiental, evitando que embalagens fossem parar em aterros sanitários entre novembro de 2022 e julho de 2023. Com isso, conseguimos:
• Evitar a extração de 12 toneladas de petróleo.
• Economizar 6,7 milhões de kWh de energia elétrica.
• Impedir que 2,2 milhões de m² de aterros sanitários fossem ocupados por embalagens flexíveis da marca.

Gostou? Quer fazer como a Cargill e tornar o seu portfólio de produtos mais circular?

Deseja saber mais sobre os serviços da Yattó? 
Compartilhe
Comunicação Yattó
Gabrielle Maia
Assessoria de Imprensa
Ecomunica